Pesquisas produzidas
pela Avon sobre o
universo da mulher

Pesquisa – Percepções dos Homens Sobre a Violência Doméstica contra a Mulher
A pesquisa captou as percepções masculinas relacionadas à violência doméstica contra a mulher e os estereótipos de gênero que contribuem para a perenidade dessa violência. Os dados mostram que a construção do cenário machista alimenta a violência doméstica contra a mulher. Há claramente uma expectativa de gênero na sociedade, apesar de muitos avanços. A pesquisa ainda traz a percepção masculina sobre a lei Maria da Penha. baixe aqui

Pesquisa - Violência contra a mulher: o jovem está ligado?
Entre os temas que ganharam espaço na pesquisa estão a cyber vingança e os relacionamentos afetivos em tempos de Facebook e outros canais digitais. O ciúme em excesso, a submissão e a necessidade de controlar o parceiro, inclusive sobre o que vestir ou postar nas redes sociais, são características recorrentes em relacionamentos entre jovens. Os jovens entrevistados responderam um questionário sobre temas como relacionamentos afetivos, relacionamentos virtuais, sexualidade, Lei Maria da Penha e violência nos relacionamentos. baixe aqui

O que é?

A Central Mulheres uma base de dados sobre a realidade da mulher brasileira. Ele contém informações - selecionadas em diversas fontes qualificadas - sobre educação, mercado de trabalho, saúde, família, sexualidade, violência, entre outros. Tudo isso organizado em três categorias:

Pare
Dados sobre cenários que demandam mudanças imediatas. Vamos mudar hoje?

Discuta
Dados que demandam mais debate e reflexão. Vamos falar mais sobre eles?

Reforce
Dados que já apontam a transformação positiva. Vamos apoiar e contribuir?

Os dados veiculados pela central são frutos das extensas pesquisas do Instituto Avon, além das diversas outras fontes selecionadas especialmente pela Inesplorato, empresa curadora de conhecimento.

A Central Mulheres é uma ferramenta para jornalistas, pesquisadores, educadores e, claro, para o público em geral. Nosso grande objetivo é contribuir para a construção de uma sociedade com igualdade de gênero.

O que eu faço com isto?

Reflita, discuta e procure formas de mudar a realidade à sua volta. Somos todos agentes ativos e responsáveis dentro do debate social. Por isso, toda informação veiculada pela Central Mulheres é completamente pública. A principal missão do site é a disseminação de informações.

Para o público em geral, o site apresenta uma série de cartões compartilháveis com alguns dos dados mais relevantes sobre a atual realidade da mulher no Brasil. Para você levar a reflexão até sua mãe, seu pai, filh@s, familiares, companheir@ e amig@s.

Para jornalistas, educadores e especialistas, temos a lista de todas as fontes utilizadas, além de todos os dados em tabelas abertas quando disponíveis. Assim, cada um pode criar as suas próprias narrativas e colaborar com as próprias expertises e sensibilidades. O jornalista pode informar e conscientizar milhares de pessoas. O educador, dar um novo fôlego às discussões em sala de aula. O especialista, incrementar e reformular suas pesquisas e teses.

Mas isso são apenas sugestões. O conhecimento é livre e, no final, quem decide é você.

Espalhe a palavra!

QUEM CUIDA?

A Avon é a maior empresa de venda direta de cosméticos do mundo, há mais de 100 anos oferecendo oportunidade de ganhos para a mulher, e, com isso, aumentando sua autonomia e poder de autodeterminação. A empresa conta com mais de 6 milhões de revendedoras autônomas no mundo, sendo 1,5 milhão no Brasil – a maior operação da empresa. Conta ainda com 6,5 mil de funcionários, sendo mais de 60% mulheres, ocupando inclusive importantes cargos diretivos. Como empresa da mulher, a Avon direciona recursos para o combate à mortalidade por câncer de mama e à violência doméstica, por meio do Instituto Avon. E, paralelamente à ação social, trabalha para impulsionar ações que promovam a valorização da mulher e a equidade de gênero, tanto internamente quanto externamente, levando a empresas e organizações a mensagem da importância de promover o empoderamento das mulheres, para uma sociedade mais saudável e justa.